Sem falar inglês não dá! – Juliana Borges

“Viajar sem falar inglês ou outro idioma além do português é possível”

Muita gente pensa que para viajar para outro país no qual não se fale português é necessário falar inglês ou o idioma do país visitado. Isso não é totalmente verdade.


Locais turísticos

Na grande maioria, uma viagem internacional a turística há uma certa rotina conhecida. Você chega por um meio de transporte (terrestre, aéreo ou marítimo), passa por algum controle de fronteira ou imigração, chega a sua estadia com o auxilio de um GPS ou transfer. Bem provável que em sua primeira vez no local escolhido os pontos a serem visitados serão os mais conhecidos e de fácil acesso. Nesse caso, a necessidade de falar outro idioma é quase inexistente. Sem contar que o brasileiro por natureza sabe muito bem se comunicar e se fazer entender quando quer. Não estou dizendo que não seja necessário falar outro idioma, pelo contrário, tenso essa disponibilidade, faça o quanto antes. Mas a ausência dele não pode te impedir de desbravar o mundo.

Dicas que facilitarão sua aventura:

Faça um roteiro detalhado de sua viagem – datas e horários dos meios de transportes e  endereços dos locais a serem visitados. Eu utilizo muito a ferramenta do google – GOOGLE TRADUTOR


Pesquise sobre a taxa de conversão da moeda local em comparação ao real, assim terá uma noção dos seus gastos pelo menos grosseiramente.


Seguro viagem é imprescindível, assim como telefone internacionais dessa assistência de contato e dos cartões de crédito


Aprenda palavras estratégicas como: banheiro, água, por favor, com licença, obrigada, embarque, desembarque, não, sim, preço, não falo inglês ou outro idioma etc…      


Tenha sempre consigo a reserva dos hotéis, atrações e restaurantes. 


Nos restaurantes, basta apontar com o dedo. Muitos dos restaurantes já disponibilizam o Menu na internet assim como o preço. Recomendações dos lugares onde se alimentarão ajudam a não caírem em armadilhas.

Busquem informações sobre as atrações e pontos turísticos, muitos deles precisam de tickets antecipadamente, para não perderem a viagem.



Quando falamos de EUA, os lugares mais visitados como a Flórida, Califórnia, NY não encontramos muita dificuldades de comunicação. Se há um lugar que não precisa mesmo do ingles para se virar é a Flórida. Em muitos estabelecimentos encontramos funcionários falando português, na maioria espanhol e os que só falam inglês se esforçam muitos para nos compreender.

Nós brasileiros estamos acostumados com a confusão da sinalização das  estradas e ruas do nosso país, portanto, se o destino for um país desenvolvido, você não encontrará obstáculos. Só aconselho a conhecer algumas regras básicas de transito do local, tais como: pedágios, estacionamento, como proceder em caso de uma solicitação policial para parar, e etc.

Pronto! Você já pode relaxar… Mas se ainda assim,

não se sentir confortável para viajar sem uma ajuda profissional saiba que há serviços de excursões para a maioria dos destinos no mundo inteiro. Busque informações nas agências de turismos e aproveite a viagem ao seu modo!




Depois da sua primeira viagem internacional você se sentirá mais segura, portanto…Comece logo!!!

Que Deus abençoe!!!!

*Atualizado em 05/10/2016

Posts relacionados

Deixe uma resposta