A gravidez de 12 meses, do planejamento à concepção


O conceito Gravidez de 12 meses ou One Year Pregnancy defende um planejamento da gravidez três meses – em média – antes da concepção.

A Alice está hoje com 2 anos e 4 meses, estamos pensando (querendo) lhe dar a oportunidade de ter um irmão. Muitas coisas envolvem o ‘ter’ o segundo filho. Eu quero muito, mas quando penso na chegada de um bebê fico preocupada o que isto pode significar.
Na última consulta com meu ginecologista, falei sobre o desejo de engravidar novamente, ele me disse que isto é o que chama de “gravidez de 12 meses”, ou seja, ela começa com o preparo e tentativa 3 meses antes da gestação. 
É importante que gravidez seja planejada com pelo menos três meses de antecedência, assim durante este período é possível avaliar a saúde da mãe, diagnosticar, caso ocorra, enfermidades e tratar, caso necessário, doenças crônicas ou pré existentes.
Na prática, envolve o preparo para a concepção, o que ele recomendou e fiz, foram todos os exames de rotina e graças à Deus está tudo certo e tomar o ácido fólico durante os três meses antes da concepção , que começarei a tomar em breve…(risos).
Nunca fiz uma dieta na vida, mas sempre procurei manter um equilíbrio, eu como de tudo, doces e frituras inclusive, mas com moderação. Durante a gestação e amamentação da Alice procurei me alimentar ainda melhor. Já praticava atividade física antes de engravidar e durante toda a gestação pratiquei natação. 

Por precaução e cuidado mesmo, já tenho alguns hábitos e a intenção de passar com outros especialistas antes de engravidar:

☞ Dermatologista


Sempre tive pintas e a pele manchada e aproveito o inverno para tratar, como o tratamento é a base ácidos não pode ser feito durante a gravidez, então preciso não só passar com o médico, como também fazer o tratamento antes de engravidar.

☞ Cirurgião vascular


Outra coisa que sempre tive de enfrentar, foram problemas vasculares, já operei inclusive de varizes aos 19 anos, faço acompanhamento e passo para tratamento de manutenção e rotina pelo menos uma vez ao ano, também acho mais tranquilo e seguro durante o inverno para evitar que os hematomas virem manchas com o sol, e dependendo do tipo de tratamento indicado pelo médico, não pode ser feito em gravidas.

☞ Nutricionista


Embora não me alimente mal, minha alimentação está longe de ser a mais adequada, quero passar com um especialista para reeducação alimentar e aproveitar para pedir um cardápio que ajude no processo de concepção e gestação. 


☞ Dentista


Não que eu queira, cá pra nós, mas preciso. Durante a gravidez da Alice a pasta de dente me causava enjoo, fiquei com muita sensibilidade e constantemente a gengiva sangrava; então pretendo já passar antes de engravidar fazer um check up na dentição, uma limpeza e pegar orientações. 

☞ Instrutor Físico


Há anos pratico atividade física, mas sempre que surge algo novo em minha vida peço algum tipo de orientação para melhorar meu desempenho, durante a gestação pratiquei natação e pilates por orientação do professor, no período de amamentação logo após a quarentena caminhadas, depois abdominais, enfim, sempre conto ao professor/ instrutor o que estou passando para que ele me avalie e me direcione. Minha intenção é perder alguns quilos nos próximos meses, ganhar flexibilidade e tonificar os músculos, trabalho que já fazia antes de engravidar da Alice e sei  o quanto foi importante não só durante a gestação como também na hora do parto!!!!

Por enquanto é isso, eu acho, (risos). Vou começar a me preparar para quem sabe em breve com a graça de Deus poder aumentar minha família.


Post atualizado em 23 de Agosto de 2016.

A gravidez de 12 meses, o inicio

 Há   meses eu tinha escrito sobre nosso desejo de ter o segundo filho, por razões diversas e adversas, como o surto do zika virus, decidimos adiar um pouco. Agora comecei novamente a me preparar para engravidar. Vou compartilhar um pouco desta fase aqui no blog numa espécie de diário, que você leitor poderá acompanhar. Você pode clicar aqui e receber as novidades diretamente em seu email.

Junho de 2016

Consulta com meu Ginecologista e fiz os exames de rotina: ultrassom transvaginal, ultrassom das mamas e papanicolau. Está tudo ok com os exames, ela me deu nota 10. Graças a Deus.
Por causa das baixas temperaturas não tenho frequentado o clube, para não deixar de praticar atividades físicas, optei por um pacote de treinos de alta intensidade.

Julho de 2016

Comecei a ingestão de acido fólico, receitado por meu GO, na embalagem vem 90 drágeas, equivalentes aos 3 meses que antecedem a gestação. 
Parei de tomar o anticoncepcional.

Agosto de 2016

Estava olhando minhas anotações, e percebi um atraso de 14 dias na menstruação, fiquei empolgada, fiz o teste e deu negativo, snif snif. Dia seguinte desceu! Ainda não foi desta vez (risos). Estou tranquila, continuo tomando o suplemento de ácido fólico e praticando atividades físicas. Com a chegada das baixas temperaturas, estou reforçando o hidratante, na gestação da Alice não tive estrias, como tenho a pele muito ressecada, estou usando muito mais hidrante e optei por dois, um de banho enriquecido com óleo de amêndoas, que retiro o excesso no chuveiro e um outro da mesma linha que uso antes de colocar o pijama, ele é indicado para pele seca e tem textura mais oleosa.
No rosto, diariamente uso sabonete, tônico e hidratante com filtro solar durante o dia, e a noite uso um anti sinais. Eu procuro usar todos os produtos da mesma marca e/ou linha, assim evito possíveis reações.


Alguma sugestão ou dica para esta fase? Por favor deixe seu comentário.

Até mais, 

Anna Peppe

Posts relacionados

Nenhum comentário

Deixe uma resposta