Viajar com crianças, dicas de planejamento

Viajar com crianças, dicas de planejamento

 

Viajar com crianças, escolhendo o destino

Quando começar a pensar nas próximas férias, para escolher seu destino, é importante pensar o que espera e deseja do destino; coisas como descansar ou curtir, atrações culturais ou um lugar tranquilo para ler, devem ser levadas em consideração.
#DICA: Para me ajudar a decidir, pesquiso muito sobre destinos bons para crianças e uso uma ferramenta o Inspire me . O site é da TAM, simples, você filtra os destinos por preferência usando um controle:

Imagem do site: http://tamviagens.triptuner.com/

Outra coisa muito importante, se não a mais importante a considerar é, o quanto planeja gastar, com a viagem. Nós aqui em casa sempre estabelecemos um valor máximo que queremos gastar em uma viagem e pesquisamos destinos que atendam nossos anseios e que estejam dentro desta média.
#DICA2: uso uma ferramenta para isto também o Quanto custa viajar, é só digitar o nome do destino no campo de busca e lhe da informações detalhadas de preços sobre o destino.

Imagem do site: https://quantocustaviajar.com

Também é possível olhar todos os destinos de um país ou um continente, o que é muito bacana, você pode olhar por exemplo qual o destino mais barato da Europa.

Imagem do site: https://quantocustaviajar.com/europa

Viajar com crianças, montando um roteiro

Definido o destino, pesquise muito sobre o que fazer, quais locais são imperdíveis, onde comer. Relacione os que tem interesse em fazer e conhecer, entre em sites como o Google maps e monte um mapa personalizado, assim você visualiza o que é mais perto do quê e começa a organizar seu roteiro.
Se você vai a uma atração que leva uma manhã toda, já veja um lugar para comer próximo, ou se por exemplo, é uma atração distante e que vai chegar tarde e cansado no hotel, considere e procure lugares bem próximo ao hotel para comer.

Leia mais

Farmacinha de viagem, lista do que não pode faltar
Escolhendo um roteiro – Juliana Borges
Tour de Natal no Brooklyn
Férias em Nova York, com bebê
Zoológico Nacional do Chile – Dica de passeio para crianças
Roteirinhos em São Paulo
Dicas Disney

Viajar com crianças, os preparativos

Os preparativos dependem muito do destino escolhido, no geral precisamos nos preocupar com os documentos de identificação (rg, cpf, carteira de motorista, certidões e passaportes) e carteira de vacinação e Certificado Internacional de Vacinação contra a Febre Amarela (indispensável para alguns destinos).
Aqui eu me organizo da seguinte maneira, uso uma pasta sanfonada e cada aba abriga um “item” da viagem:
• na primeira aba deixo um check list, há itens que preciso levar, mas como uso diariamente não posso colocar na pasta quando estou arrumando as malas, então o check list me ajuda a lembrar o que falta é o caso do RG, por exemplo;

Check list viagem – Anna Peppe
• Os passaportes com os vistos e os vigentes (é necessário carregar os dois)
• Os vouchers de passagens, reserva de hotéis, seguro viagem e tickets de atrações;
• As notas fiscais do Brasil (principalmente do notebook para comprovar compra e não ser taxada novamente);
• Telefones uteis e contatos em caso de emergência: faço uma lista com os números de telefone e/ ou endereços, à mão mesmo, no caso do telefone falhar, entre eles o do pediatra, dos meus pais, do transfer contratado e do consulado do Brasil no destino;
• Dinheiro local e do destino;
• O chip de telefone, acho comodo sair do Brasil já com o chip, dá para colocar ainda no avião, quando desembarcar já pode ligar caso precise;
•  Por último deixo um espaço reservado para comprovantes fiscais das compras efetuadas fora, para declarar no retorno e os cupons de compras, caso precise fazer alguma consulta posteriormente.

Viajar com crianças, preparando as malas

Quando viajava sozinha sempre improvisava na falta de algo, se estava na praia amarrava a canga de um jeito diferente e ia almoçar, com a chegada da Alice percebi que com criança não dá para improvisar muito, fralda é fralda, o leite é o leite, a  naninha é a naninha.
Então quando vou arrumar nossas malas, dias antes já deixo uma aberta em um lugar visível e vou colocando coisas que vou lembrando e que considero importante, mas que não fazem parte do dia a dia, por exemplo um chapéu ou brinquedo de praia.
Quando a viagem está mais próxima, faço uma lista ( a louca das listas) para saber o que preciso levar e as quantidades. Para chegar ao resultado eu começo contando os dias que iremos ficar e calculo a quantidade de fraldas, mamadeiras e trocas de roupa.
Sempre carrego a farmacinha de viagem, leite, toalha de banho e beliscos que ela está acostumada; além de algum brinquedos do dia a dia.

Viajar com crianças, mais algumas dicas:

Hoje muito hotéis aqui no Brasil dispõe de copa baby com muitas frutas e opção de leites e farináceos, mas não são todos, melhor não contar com a sorte e levar o que seu filho está habituado.

Claro que se está viajando para a praia irá levar peças leves, mas nunca deixe de levar um casaquinho e conjuntos para o caso de esfriar. Também sempre levo uma mantinha leve no avião, por causa do ar condicionado e pelo menos duas trocas de roupa na mala de mão. Aliás na mala de mão, além das trocas, levo papéis, giz de cera, revistinhas de colorir, livro de história, um brinquedo que não faça barulho (sonoro)  e belisquinhos (sempre industrializado e em pacote fechado). É importante sempre consultar a companhia aérea para saber o que é permitido.
Bom estas são algumas dicas práticas do que eu faço, cada pessoa tem seu jeito de organizar, ou não, para uma viagem. O importante é que o período de férias seja um tempo bom e alegre, para se curtir sem preocupações ou stress, faça da sua maneira, mas faça com carinho e dedicação que dá certo.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, por favor deixe aqui seu comentário.

Beijos e até mais,

Anna

Posts relacionados

Deixe uma resposta